Benefícios

4 motivos que podem cancelar o Bolsa Família

Se você quiser saber quem tem direito a subsídios familiares, saiba que o programa foi elaborado para beneficiar as famílias mais pobres do país e oferece pequenos subsídios mensais a essas pessoas.

Em compensação, eles devem cumprir seus compromissos nas áreas de saúde e educação.
Segundo dados da Secretaria Especial do Desenvolvimento Social, o Programa Bolsa Família atende 13 milhões de famílias.

Apesar de que haja muitos beneficiários do Bolsa Família, nem todos têm direito a ele.
Neste artigo, abordaremos sobre os 4 motivos que podem cancelar o Bolsa Família, passando pelos seguintes tópicos:

O que é o Bolsa Família?
Qual o valor do Bolsa Família?
4 motivos que podem cancelar o Bolsa Família
1.Renda acima da declarada
2.Saque atrasado
3.Desatualização no cadastro
4.Informações erradas
Continue a leitura deste artigo e tire todas as suas dúvidas sobre o assunto!

O que é o Bolsa Família?

O Bolsa Família foi concebido no ano de 2003, para eliminar a desigualdade social e tirar famílias da pobreza extrema.

Embora o Bolsa Família proporcione uma renda adicional, por transferir uma mensalidade às famílias beneficiárias, essas pessoas precisam fazer determinadas atividades ligadas a saúde e educação.

Aliás, o Bolsa Família esclarece uma série de políticas sociais para fornecer serviços básicos de saúde, educação e enfermagem para aqueles que têm direito a subsídios familiares.

Qual o valor do Bolsa Família?
O valor do abono de família depende da situação do grupo beneficiário.
Famílias consideradas extremamente pobres, ou seja, familiares cuja renda mensal per capita não ultrapasse R$ 89,00.

Pode ser concedida uma renda variável de R$ 41,00 às pessoas com direito a subsídio familiar que estão numa condição de extrema pobreza.

Aliás, aquelas com renda entre R$ 89,01 e R$ 178,00 por pessoa e aquelas com filhos de 0 a 17 anos, além de famílias com mais de 15 anos, grávidas ou lactantes.

Quando há benefícios variáveis ​​para gestantes, eles serão pagos em 9 parcelas.
Por exemplo, uma família com uma criança de 6 meses receberá um subsídio de 6 parcelas.

Outra coisa, pode ser atendido por famílias com renda mensal não superior a R$ 178,00 e jovens com idade entre 16 e 17 anos, com no máximo 2 BVJ por família. Proporcionar a todas as famílias benefícios para superação da extrema pobreza BSP (Benefício Variável Jovem), mesmo que recebam os demais benefícios sociais básicos. Nesse caso, não há valor fixo.

Dessa forma, o cálculo é feito com base no número de membros da família, podendo ir além da renda de 89 reais mensais por pessoa, o que é considerado extrema pobreza.

4 motivos que podem cancelar o Bolsa Família

1.Renda acima da declarada

Agora é possível ao governo federal fazer filtros mensais em diferentes bancos de dados.
Essa verificação também pode descobrir quais famílias possuem renda superior à declarada e continuam participando do Bolsa Família.

Muitas famílias cancelaram os benefícios porque sua renda é superior ao valor permitido pelo plano.
Mais importante, a suspensão ocorreu quando a renda mensal per capita ultrapassou R$ 440,00.

Das famílias que recebem entre R$ 170 e R$ 440 por pessoa, o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) bloqueia apenas o Bolsa Família.

Aliás, tenha em mente que os recursos relacionados à renda foram mais bloqueados frequentemente nas regiões sul e sudeste do país.

2.Saque atrasado

Tenha em mente que caso haja o afastamento do segurado é o cancelamento do contrato em até 90 dias.
O governo conclui que, ao receber o benefício, e não o retirar, o cidadão não precisa mais de auxílio financeiro e, é automaticamente desconectado do programa social.

Portanto, devemos destacar que até dezembro de 2020, essa regra não se aplicava devido à pandemia do coronavírus que alterou a forma de utilização dos salários.

3.Desatualização no cadastro

As famílias beneficiárias do programa social devem ter cuidado para não perder o prazo de atualização das inscrições para o Bolsa Família.

Este procedimento deve ser realizado a cada dois anos para atualizar informações como:
Endereço
Escola
Renda
Membros da família.

O responsável pelo benefício pode conferir o aviso de atualização cadastral nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e demais postos de cadastramento do Bolsa Família.

Se ele não atualizar o cadastro antes do prazo, receberá auxílio financeiro e não poderá ser retirado.
Logo, se constatada alguma irregularidade na atualização do cadastro, a família será desligada do programa imediatamente.

4.Informações erradas

Um bom número de famílias entrando no filtro rígido do Bolsa Família.
Para não se tornar a próxima vítima, é muito importante verificar se as informações cadastradas no CadÚnico estão de forma adequada.

Assim sendo, você também deve relatar qualquer mudança no status familiar, incluindo a mudança de escola do seu filho.

E aí, achou interessante saber sobre 4 motivos que podem cancelar o Bolsa Família? Já tinha ouvido falar de alguns desse pontos? Não esqueça de compartilhar e deixar um comentário.

Most Popular

To Top