Óleo e Gás

Aker BP define meta de um bilhão de barris para Alvheim

COMPARTILHE

No décimo aniversário da produção dos campos da região de Alvheim, a petrolífera norueguesa Aker BP lançou uma nova visão que permitiria produzir um bilhão de barris de petróleo dos campos localizados no Mar do Norte. 

Em 8 de junho de 2018, a Aker BP marcou o décimo aniversário da produção da área de Alvheim, que, no início, deveria produzir 250 milhões de barris de equivalentes de petróleo.

Aker BP agora espera passar a marca de 400 milhões de barris durante o verão ea nova visão prevê a produção de até bilhões de barris de equivalentes de petróleo da área imediata.

A área de Alvheim está localizada no meio do Mar do Norte, na fronteira com o setor britânico. A área consiste no campo principal de Alvheim, e os campos de satélite Bøyla, Vilje e Volund, todos produzidos através do FPSO de Alvheim.

Karl Johnny Hersvik , CEO da Aker BP, disse: “O desenvolvimento em Alvheim é um exemplo para toda a indústria norueguesa de petróleo e gás”.

Comentando a visão da empresa para produzir um bilhão de barris, a Hersvik disse: “Isso não será uma caminhada no parque. Precisamos trabalhar continuamente com eficiência, melhorar a eficiência do fluxo, encontrar novos reservatórios e entrar em novos poços – enquanto trabalhamos continuamente para reduzir custos. Continuaremos a garantir que Alvheim se torne um campo padrão na plataforma continental norueguesa nos próximos anos. ”

Prêmio IOR

Aker BP observou que o desenvolvimento da área de Alvheim foi notado pela indústria. Ou seja, Alvheim é um dos três finalistas do Prêmio IOR deste ano, concedido pela Norwegian Petroleum Directorate (NPD).

O prêmio IOR é concedido a uma licença de produção, empresa, projeto ou indivíduo, que deverá criar valor agregado na plataforma continental norueguesa (NCS), por meio de um trabalho inovador relacionado à melhoria da recuperação de petróleo.

O prêmio deste ano é o 15º desde que o prêmio foi instituído pelo NPD em 1998. O vencedor será anunciado na conferência e exibição de petróleo do ONS em Stavanger em 28 de agosto.

Os detentores de licenças da Alvheim são a Aker BP como operadora com uma participação de 65%, enquanto a ConocoPhillips e a Lundin possuem 20 e 15%, respectivamente.

Escreva um comentário

cinco × um =