Aker BP seleciona a Optime Subsea como provedora de sistemas de acesso

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on google
Google+

A petroleira norueguesa Aker BP escolheu a Optime Subsea como fornecedora de sistemas e serviços de acesso a poços na plataforma continental norueguesa (NCS) nos próximos dois anos, com opções de extensão.

O sistema de acesso a poços que faz parte do contrato de longo prazo é o “Sistema Submarino de Controles e Intervenção Submarina” da Optime Subsea (SCILS).

O CEO da Optime Subsea,  Jan-Fredrik Carlsen , disse: “Este é um marco para nós, e com a Aker BP nos escolhendo como seu parceiro, isso mostra à indústria o que nosso sistema é realmente capaz de oferecer.”

A Aker BP irá nos próximos dois anos usar o SCILS da Optime Subsea e serviços relacionados para suas operações de acesso ao poço no NCS. O sistema está sendo implantado nesta primavera no Jette da Aker BP como parte das operações de plug and abandono e Skogul para a sua campanha de instalação.

Mads Rodsjo , VP de Excelência Funcional da D & W na Aker BP, declarou: “O uso da SCILS da Optime Subsea se encaixa bem em nossa estratégia de melhoria contínua e otimização de nossas operações de acesso a poços. O SCILS oferece economia de custos e maior segurança na mobilização, operação e personalização dos nossos poços submarinos ”.

O valor do contrato é confidencial, mas de acordo com Jan-Fredrik Carlsen, é um catalisador para a empresa: “A Aker BP e outras operadoras similares são muitas vezes o motor para a introdução de tecnologia nova e mais otimizada em nossa indústria. Portanto, sem divulgar um valor em dólares, o valor é substancial para a Optime Subsea. Eu diria que é um marco para todas as operações de acesso a poços em toda a indústria ”.

A Optime Subsea pela primeira vez anunciou o SCILS como um sistema para ajudar a otimizar o futuro das operações de acesso a poços na conferência norueguesa de petróleo e gás, Subsea Valley, em 2017.

Na mesma conferência do ano seguinte, a SCILS foi revelada como uma solução. Em 2019, o SCILS estará em operação.

Jan-Fredrik Carlsen disse: “As vantagens encontradas neste sistema são a modularidade e a padronização. Portanto, já começamos a construir SCILS similares, que estão prontas neste verão. Acreditamos que esses sistemas oferecerão suporte a operadoras globais semelhantes à Aker BP, além de contribuir para melhorar nossa colaboração com os provedores de serviços de sistemas internacionais maiores ”.

Veja Também

Rolar para cima