Ligue-se a nós

Click Petróleo – Notícias de Petróleo, Offshore e Óleo e Gás

Avenir e Golar Power se unem para o GNL brasileiro em pequena escala

Óleo e Gás

Avenir e Golar Power se unem para o GNL brasileiro em pequena escala

A Avenir anunciou o plano, dizendo que seu segundo transportador de GNL de 7.500 metros cúbicos (GNL) entregaria GNL a vários portos do país, além de oferecer abastecimento de navio a navio.

“Este é mais um passo em nossa estratégia, em que trabalhamos em estreita colaboração com um acionista para alavancar sua plataforma FSRU para desenvolver distribuição e abastecimento de GNL em pequena escala nos principais mercados em desenvolvimento”, disse o CEO da empresa, Andrew Pickering. A empresa anunciou um fretamento pela primeira vez para um navio na Malásia com a Petronas .

O CEO da Golar Power, Eduardo Antonello, disse que o acesso à tonelagem em pequena escala para distribuição de GNL no país “sustenta o compromisso da Golar Power com o mercado brasileiro de GNL em rápido crescimento – uma parte essencial da estratégia da Golar Power”.

A Golar Power é uma joint venture entre a Golar LNG e a Stonepeak Infrastructure Partners. Em outubro, o empreendimento recebeu um contrato de compra e venda de energia (PPA) de 25 anos que abrange a construção de uma usina termelétrica de ciclo combinado de 605 MW em Barcarena, no estado do Pará.

De acordo com este PPA, a Golar Power disse que aceleraria os investimentos em um projeto da FSRU em Barcarena, no Porto de Vila do Conde. Isso deve iniciar as operações em meados de 2021, com uma decisão final de investimento (FID) prevista para o primeiro semestre de 2020.

Os comentários de Antonello em outubro destacaram o potencial ambiental e social da mudança do consumo de derivados de petróleo para “GNL mais barato, permitindo uma redução significativa das emissões de gases de efeito estufa e criando oportunidades únicas de desenvolvimento técnico e econômico para as populações locais”.

A Golar Power também está trabalhando em outro plano de GNL para energia no país, com a usina de 1,5 GW Porto de Sergipe prevista para ser concluída no início de 2020. Isso usará o FSRU da Golar Nanook.

Os investimentos no setor de GNL no Brasil tornaram-se mais atraentes nos últimos tempos, à medida que várias leis foram aprovadas para incentivar esse trabalho e à medida que o mercado foi liberalizado.

Mais Óleo e Gás

Curta nossa página

Anúncio

+ da semana

Recomendado



Para O Topo