Brasil busca revitalização na indústria naval com apoio internacional

Mesa Redonda em Houston Destaca Parcerias para Modernizar Setor Naval Brasileiro

O Brasil está intensificando esforços para atrair investidores internacionais e revitalizar sua indústria naval. Em um evento significativo realizado em 7 de maio, paralelo à Conferência de Tecnologia Offshore (OTC) em Houston, líderes da indústria naval brasileira se reuniram com empresas de energia, construtores navais, fornecedores e investidores de diversos países. A mesa-redonda, denominada Maritime Industries Connections – Brazil Offshore Energy Sector Roundtable Business Meeting, foi facilitada pelo Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás (IBP), a estatal Petrobras e a APEX Brasil.

Roberto Ardenghy, presidente do IBP, destacou que o encontro visava aumentar a competitividade e as oportunidades de negócios para o setor. Segundo ele, a iniciativa representa uma excelente oportunidade para as empresas brasileiras mostrarem seu compromisso com a qualidade e a excelência em um mercado exigente e segmentado.

Brasil busca revitalização na Indústria Naval com apoio internacional
Brasil busca revitalização na Indústria Naval com apoio internacional

Durante o evento, foi discutida a importância de adotar soluções de baixo carbono e como estas podem impulsionar a indústria naval brasileira em um contexto global. Jean Paul Prates, presidente da Petrobras, ressaltou as crescentes demandas por novas construções navais, incluindo embarcações de apoio offshore e infraestruturas de energia offshore. Ele mencionou que os estaleiros brasileiros terão a oportunidade de demonstrar suas capacidades de construção a parceiros internacionais.

Carlos José Travassos, diretor de engenharia, tecnologia e inovação da Petrobras, afirmou que o evento foi crucial para reunir players capazes de colaborar para atender aos requisitos de conteúdo local previstos nos contratos. “Conhecemos o potencial dos estaleiros nacionais para atender às demandas da Petrobras e vemos uma grande oportunidade de crescimento neste segmento,” disse ele.

Além das discussões, o IBP e o Sinaval lançaram o Mapa dos Estaleiros, uma ferramenta que fornece dados em tempo real sobre a capacidade de produção dos estaleiros, sua localização geográfica e capacidades de movimentação de aço.

O encontro marcou um passo significativo na busca por soluções colaborativas e inovadoras que podem revitalizar e modernizar a indústria naval brasileira, fortalecendo sua posição no mercado global.


André Carvalho

André Carvalho é um economista e professor que se especializa em economia do trabalho e benefícios sociais. Sua pesquisa e ensino enfocam como as políticas econômicas podem ser estruturadas para melhorar a vida dos trabalhadores e reduzir a desigualdade social, contribuindo significativamente para debates políticos e acadêmicos nesse campo.

google newa

+

Relacionadas