Brasil sedia avanço em hidrogênio renovável com investimento milionário

Nova instalação no Piauí recebe aporte de US$ 30 milhões para expandir a produção de hidrogênio verde

O Green Energy Park (GEP) Global, uma influente franquia no setor de energia renovável, celebrou um marco significativo ao assegurar um financiamento Série A de US$ 30 milhões e direitos de longo prazo para uma instalação no terminal portuário de Luis Correia, Brasil. Este movimento estratégico posiciona o GEP para iniciar a construção de uma das maiores plantas de produção de hidrogênio renovável do país.

Desde sua fundação em 2023, o GEP tem como meta principal produzir hidrogênio renovável a custos competitivos, especialmente aproveitando as condições favoráveis do Nordeste brasileiro. Com a visão de distribuir combustíveis verdes para a indústria e o setor de transportes, a empresa busca contribuir significativamente para a descarbonização de setores economicamente desafiadores.

Brasil sedia avanço em hidrogênio renovável com investimento milionário
Brasil sedia avanço em hidrogênio renovável com investimento milionário

A primeira instalação do GEP no Brasil, localizada no estado do Piauí, planeja atingir uma capacidade de 10,8 GW de eletrolisadores quando plenamente operacional, tornando-se um exemplo de inovação e sustentabilidade no cenário global.

Bart Biebuyck, CEO da GEP, ressaltou a urgência de ação frente aos crescentes desafios climáticos: “A boa notícia é que ainda há tempo para agir, mas a janela está se fechando rapidamente. Nossa missão é clara: produzir o hidrogênio renovável mais barato do mundo em escala gigawatt.” Com uma combinação de tecnologia avançada e inovação em engenharia de processos, o projeto no Piauí promete ser o epicentro da revolução do hidrogênio.

Victor Hugo Almeida, CEO da Investe Piauí, destacou a importância do projeto para o estado: “O Piauí oferece condições ideais para a produção de hidrogênio verde, e estamos comprometidos em apoiar esse projeto transformador que promete não apenas benefícios ambientais, mas também econômicos significativos para a região.”

O governo do estado do Piauí, sob a liderança do governador Rafael Fonteles, expressou total apoio ao projeto, reconhecendo a oportunidade de fomentar uma industrialização verde e atrair investimentos internacionais.

Este projeto não só promete estabelecer o Brasil como líder em hidrogênio renovável, mas também alavancar o desenvolvimento econômico e a criação de empregos, reforçando o compromisso do país com a sustentabilidade e a inovação tecnológica.


André Carvalho

André Carvalho é um economista e professor que se especializa em economia do trabalho e benefícios sociais. Sua pesquisa e ensino enfocam como as políticas econômicas podem ser estruturadas para melhorar a vida dos trabalhadores e reduzir a desigualdade social, contribuindo significativamente para debates políticos e acadêmicos nesse campo.

google newa

+

Relacionadas