Enel Rio revela 150 mil casos de furto de energia no último ano

Enel Rio revela dados alarmantes: 150 mil casos de furto de energia no último ano. Áreas de risco como Magé lideram as estatísticas.

A distribuidora de energia Enel Rio divulgou dados preocupantes sobre o furto de energia elétrica no estado do Rio de Janeiro. De acordo com o levantamento da empresa, foram registrados 150 mil casos de furto, também conhecidos como “gatos de luz”, ao longo do ano de 2023.

O Levantamento da Enel Rio:

A Enel Rio revelou que uma parcela significativa dos casos ocorreu em áreas classificadas como “áreas de risco”, termo utilizado para descrever regiões com potencial perigoso em relação ao uso da eletricidade. Estes riscos incluem instalações elétricas precárias, equipamentos danificados e falta de conformidade com normas e regulamentos. Atualmente, cerca de 15% dos consumidores da distribuidora no estado estão em áreas de risco.

Enel Rio revela 150 mil casos de furto de energia no último ano
Foto: Reprodução

Áreas de Risco e Ocorrências:

Os municípios mais afetados foram Magé, Duque de Caxias e São Gonçalo, com 23 mil, 18 mil e 16 mil casos registrados, respectivamente. Essas localidades representam uma preocupação particular para a Enel, pois as condições precárias de segurança elétrica dificultam a fiscalização e aumentam os riscos para os clientes.

Impactos do Roubo de Energia:

Além de representar um risco para a segurança, o furto de energia elétrica tem impactos financeiros significativos. Os “gatos de luz” contribuem para o aumento do custo da energia para todos os consumidores, e dados do ano passado indicam que quase 15% da energia do país é resultado desse tipo de atividade ilegal.

A Enel Rio ressalta a importância das ações de fiscalização em parceria com o poder público para combater o furto de energia e proteger os consumidores. Em 2023, a empresa conseguiu recuperar 355 GWh de energia, o que equivale ao consumo anual de aproximadamente 167 mil residências.


Joice Batista

Especialista em direitos trabalhistas, Joice Batista dedica-se ao estudo da relação entre bem-estar social e legislação trabalhista. Sua pesquisa influencia políticas públicas voltadas para a melhoria das condições de trabalho e a sustentabilidade econômica

google newa

+

Relacionadas