Ligue-se a nós

Click Petróleo – Notícias de Petróleo, Offshore e Óleo e Gás

Eni e Total vencem novos blocos no exterior de Angola

Petróleo

Eni e Total vencem novos blocos no exterior de Angola

A principal petrolífera italiana Eni e a gigante francesa Total estavam entre as licitantes vencedoras de dois blocos offshore oferecidos como parte da rodada de licenciamento de 2019 em Angola, que ofereceu dez blocos offshore. 

Os dez blocos oferecidos estão localizados nas bacias do Namibe e Benguela, mas os blocos premiados estão todos na bacia do Namibe.

A Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANPG) de Angola disse na quarta-feira que a Eni ganhou a operação do Bloco 28 e Total do Bloco 29, ambos localizados na bacia do Namibe.

A participação da Eni no bloco é de 60%, a Sonangol de Angola venceu 20%, enquanto os 20% restantes ainda estão disponíveis.

Em uma declaração separada na sexta-feira, a Eni disse que o Bloco 28 está localizado em uma área de exploração fronteiriça a algumas dezenas de km da costa, com profundidade da água variando entre 1000 e 2500 m. Segundo a Eni, os 20% restantes no bloco serão atribuídos a um terceiro parceiro durante o fechamento do contrato.

A Eni está presente em Angola desde 1980 e atualmente representa uma produção acionária de cerca de 145.000 barris de óleo equivalente por dia.

Por outro lado, a Total obteve uma participação de 46% no Bloco 29, com a Equinor, Sonangol e BP como parceiras com participações de 24,5%, 20% e 9,5%, respectivamente.

A Sonangol, estatal de Angola, também adquiriu a operação do Bloco 27. A participação premiada da Sonangol é de 35%, enquanto os outros 65% ainda estão disponíveis.

O ANPG afirmou que a data e o local do início do processo de negociação de cada bloco serão comunicados em breve.

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze − oito =

Mais Petróleo

Curta nossa página

Anúncio

+ da semana

Recomendado



Para O Topo