Investimentos em infraestrutura pública no Brasil crescem 27,8% no primeiro trimestre de 2024

Aumento significativo impulsionado por projetos em rodovias, portos e aeroportos, enquanto setor ferroviário registra queda.

No primeiro trimestre de 2024, os investimentos públicos no setor de infraestrutura do Brasil alcançaram R$ 2,41 bilhões (US$ 468 milhões), representando um aumento de 27,8% em relação ao mesmo período do ano anterior, de acordo com dados da empresa estatal de logística Infra.

“O aumento do investimento em infraestrutura foi muito significativo, quase 30%, um percentual que acredito que não será mantido”, afirmou ao BNamericas Alberto Sogayar, advogado de infraestrutura do escritório de advocacia Sogayar e Alcântara Advogados. Sogayar explicou que, embora os investimentos devam continuar, é provável que se estabilizem em um nível inferior devido a limitações orçamentárias e ao foco nas eleições municipais que ocorrerão em outubro.

Investimentos em infraestrutura pública no Brasil crescem 27,8% no primeiro trimestre de 2024
Investimentos em infraestrutura pública no Brasil crescem 27,8% no primeiro trimestre de 2024

Desde janeiro de 2023, o Presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem priorizado a expansão dos investimentos em infraestrutura pública como parte de sua estratégia para impulsionar a economia. Contudo, as limitações orçamentárias podem dificultar essa estratégia, especialmente com a previsão de queda nas receitas públicas nos próximos meses.

O setor privado também é visto como um parceiro crucial para o desenvolvimento da infraestrutura. “Há uma grande necessidade de aumento de investimentos em diversas áreas, mas principalmente naquilo que antes se chamava de infraestrutura social. Educação, saúde e saneamento são os setores que mais necessitam”, destacou Paulo Dantas, especialista em infraestrutura e financiamento de projetos no escritório de advocacia Castro Barros Advogados.

Para o ministro dos Transportes, Renan Filho, 2024 pode ser um ano divisor de águas para os investimentos do setor privado no Brasil, graças a um plano robusto de concessões. Durante um seminário organizado pela associação brasileira de infraestrutura ABDIB, Renan Filho mencionou que o governo planeja oferecer contratos de concessão para 13 rodovias federais ainda este ano.

No primeiro trimestre, os investimentos públicos no segmento rodoviário foram de R$ 2,19 bilhões, um aumento de 24% em relação ao ano anterior. Portos e hidrovias registraram um aumento significativo, com investimentos de R$ 70 milhões, em comparação aos R$ 10 milhões do ano passado. Os investimentos aeroportuários cresceram 54,9%, totalizando R$ 120 milhões. No entanto, o segmento ferroviário viu uma queda de 14,2%, com investimentos de R$ 30 milhões.


André Carvalho

André Carvalho é um economista e professor que se especializa em economia do trabalho e benefícios sociais. Sua pesquisa e ensino enfocam como as políticas econômicas podem ser estruturadas para melhorar a vida dos trabalhadores e reduzir a desigualdade social, contribuindo significativamente para debates políticos e acadêmicos nesse campo.

google newa

+

Relacionadas