Mais empresas liberadas para explorar petróleo

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on google
Google+
A Agência Nacional do Petróleo (ANP) do Brasil autorizou mais nove empresas a concorrerem à exploração e produção de petróleo e gás em campos ou blocos previamente licitados que foram abandonados pelos licitantes vencedores.

 A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) do Brasil anunciou que aprovou registros de nove empresas que desejam fazer ofertas para a exploração e produção permanentes de petróleo e gás nas bacias sedimentares do país.

Após a decisão divulgada nesta terça-feira (4), existem agora 19 empresas cadastradas e credenciadas para concorrer em licitações de campos ou blocos que foram abandonados por licitantes vencedores, e aqueles para os quais não foram feitas licitações em licitações anteriores.

De acordo com a ANP, a primeira rodada de licitações incluirá 884 blocos em 14 bacias sedimentares e 14 áreas marginais de acumulação. Oitenta por cento das áreas a serem licitadas são onshore e 20% são offshore.

Veja Também

Rolar para cima