Operação de conexão de infraestrutura submarina ao FPSO Atlanta está prestes a começar

Navio Sapura Ônix chega ao Brasil para instalar equipamentos submarinos e conectar poços ao FPSO Atlanta na Bacia de Santos.

A instalação de equipamentos submarinos no campo de Atlanta, operado pela Enauta, está prestes a começar. Localizado na Bacia de Santos, no litoral do Brasil, o campo verá seus poços conectados ao navio flutuante de produção, armazenamento e transferência (FPSO) Atlanta, que chegou ao local no início deste mês.

O navio especializado Sapura Ônix está a caminho do campo para realizar a instalação de bombas multifásicas (MPPs), umbilicais para transmissão de energia e dados, e risers de produção. Estes componentes são essenciais para conectar a infraestrutura submarina dos poços ao FPSO.

O FPSO Atlanta chegou ao campo de Atlanta no dia 11 de maio, conforme planejado. Após inspeção e liberação pelas autoridades, o navio iniciou sua operação de fundeio.

Operação de conexão de infraestrutura submarina ao FPSO Atlanta está prestes a começar
Operação de conexão de infraestrutura submarina ao FPSO Atlanta está prestes a começar

Para lembrar, a Enauta deverá substituir o FPSO Petrojarl I, que atualmente opera no campo de Atlanta, pelo FPSO Atlanta. Este novo navio foi adquirido em 2022 como parte do Full Development System (FDS) do campo de Atlanta.

Afretado e operado pela Yinson Production da Malásia, o FPSO Atlanta tem capacidade para processar 50 mil barris de petróleo por dia e 140 mil barris de água por dia, além de poder armazenar 1,6 milhão de barris de petróleo. Após a cerimônia de nomeação no Dubai Drydocks World, em dezembro de 2023, a embarcação deixou o estaleiro em março deste ano, cruzando oceanos até chegar ao Brasil.

O primeiro óleo está previsto para agosto de 2024, com seis poços online, e a previsão é chegar a dez poços em 2029. A missão do FPSO no campo brasileiro tem uma duração prevista de 15 anos, com a possibilidade de um período opcional adicional de cinco anos.

O campo offshore do bloco BS-4, na Bacia de Santos, é operado pela Enauta Energia, subsidiária integral da empresa, que também detém 100% de participação no ativo.


André Carvalho

André Carvalho é um economista e professor que se especializa em economia do trabalho e benefícios sociais. Sua pesquisa e ensino enfocam como as políticas econômicas podem ser estruturadas para melhorar a vida dos trabalhadores e reduzir a desigualdade social, contribuindo significativamente para debates políticos e acadêmicos nesse campo.

google newa

+

Relacionadas