Parceria Estratégica: New Fortress Energy e Petrobras Selam Acordo para Fretamento de FSRU Energos Winter

A New Fortress Energy anuncia um acordo estratégico com a Petrobras para o fretamento de uma unidade FSRU, consolidando seu posicionamento no setor de energia e gás. Este passo reforça a expansão da NFE no Brasil, com o início das operações do Terminal Gas Sul previsto para janeiro de 2024.

O portal CLICK PETRÓLEO informa que a corporação estadunidense especializada em energia, New Fortress Energy (NFE), confirmou a assinatura de um contrato de afretamento da unidade flutuante de armazenamento e regaseificação (FSRU) Energos Winter. Este acordo foi firmado com a gigante estatal brasileira Petrobras, marcando um novo capítulo para a empresa no mercado energético brasileiro.

Um Passo Adiante nos Desenvolvimentos de Negócios

Previsto para vigorar a partir de dezembro de 2023, este acordo permite que a NFE avance no seu projeto de operar o mais recente terminal de importação de GNL, o Terminal Gas Sul (TGS), localizado em Santa Catarina, Brasil. Este terminal é um marco significativo para a NFE, com início das operações comerciais antecipadas para janeiro de 2024, antes do programado.Parceria Estratégica: New Fortress Energy e Petrobras Selam Acordo para Fretamento de FSRU Energos Winter

A New Fortress Energy especificou que o FSRU Energos Winter será inicialmente subfretado durante o período de afretamento remanescente com a Petrobras. Posteriormente, o fretamento continuará diretamente entre a NFE e a Energos Infrastructure, a entidade proprietária da embarcação, em um acordo de longo prazo. Este movimento estratégico é crucial para que a NFE inicie as operações no TGS no prazo projetado e mantenha um serviço contínuo e eficiente.

A Estrutura Acionária da Energos Winter

É importante destacar que a Energos Infrastructure, detentora da embarcação, é majoritariamente possuída por fundos gerenciados pela Apollo, correspondendo a 80% de participação, enquanto a NFE detém os 20% restantes.

Andrew Dete, Diretor Geral da NFE, expressou seu entusiasmo com o acordo: “É com grande satisfação que consolidamos essa parceria com a Petrobras. O terminal TGS representa uma oportunidade sem precedentes para o crescimento da NFE, aproveitando a conexão com o sistema de gasodutos do sul do Brasil, que oferece uma gama diversificada e atrativa de opções para suprimento energético e de gás em curto prazo.”

O Avanço da New Fortress Energy no Setor de GNL

Além do acordo com a Petrobras, a NFE continua a expandir sua atuação no setor de GNL. Em setembro de 2023, a plataforma de liquefação Pioneer II foi enviada para Altamira, México, para se juntar às já existentes Pioneer I e Pioneer III, marcando a finalização das plataformas da Unidade Fast LNG 1 da empresa.

A colaboração entre a NFE e a Comisión Federal de Electricidad (CFE) do México é um ponto-chave na estratégia de implementação do centro de FLNG na costa de Altamira. Os acordos firmados permitem que a NFE implemente múltiplas unidades de FLNG com capacidade de 1,4 MTPA cada, que aproveitarão a capacidade de transporte de gasoduto existente da CFE para prover feedgas às operações da NFE.


André Carvalho

André Carvalho é um aclamado jornalista com expertise abrangendo energia, petróleo, setor naval e indústrias em geral. Ao longo de sua carreira, André tem se destacado por sua capacidade de abordar temas complexos com clareza e profundidade. Seu compromisso com a veracidade e análise criteriosa faz dele uma figura de destaque no Click Petróleo. Seu conhecimento versátil reflete a dinâmica e interconexão dos setores que cobre. Contato: [email protected].

google newa

+

Relacionadas