Energia

Petrobras confirma plano para investir em energia solar e eólica offshore

A estatal brasileira de petróleo e gás Petrobras se comprometeu a desenvolver energia eólica e solar em seu mais recente plano estratégico.

Lançando seu Plano Estratégico 2040 e Plano de Negócios e Gestão 2019-2023 em 5 de dezembro de 2018, a empresa disse que reconheceu que a demanda por energia renovável estava crescendo e queria se tornar uma empresa de energia integrada.

O Plano Estratégico delineou sua visão como uma empresa integrada de energia, alinhada às necessidades da sociedade e “aumentando a diversificação em fontes e usos de energia”.

A Petrobras disse que seu foco em petróleo e gás continua importante, mas que “dará mais espaço para outras fontes de energia” e ajustou sua estratégia em vista da transição para uma economia de baixo carbono.

A empresa confirmou que pretendia operar em um “negócio rentável de energia renovável, com foco em energia eólica e solar”. Também confirmou um compromisso com a descarbonização de processos e produtos.

Em uma apresentação sobre a estratégia, a companhia disse que seu investimento crescente em energia renovável tomaria a forma de participação em leilões de energia solar, entrada gradual no mercado de geração solar distribuído e projetos eólicos offshore. Seus esforços nessas áreas incluirão parcerias com a Total e a Equinor.

Em setembro de 2018, a estatal petrolífera e a estatal norueguesa Equinor assinaram um memorando de entendimento para explorar oportunidades no setor eólico offshore. Juntas, as empresas planejam avaliar um negócio conjunto em energia eólica offshore no Brasil.

COMPARTILHE

Escreva um comentário

6 + 16 =