Óleo e Gás

Petrobras, ExxonMobil e Equinor vencem bloco de pré-sal brasileiro

COMPARTILHE

Os resultados da quarta rodada de pré-venda do Brasil confirmaram a atratividade da camada de pré-sal do país, segundo membros do governo brasileiro.

Três dos quatro blocos oferecidos durante a rodada de 7 de junho foram adquiridos. A rodada levantou cerca de US $ 829 milhões em bônus de assinatura e um compromisso de US $ 194,2 milhões em investimentos planejados para o trabalho exploratório.

“A rodada foi extremamente bem sucedida, atraindo a atenção de grandes empresas. O processo de atração de investimentos para o país continua ”, disse Décio Oddone, chefe da ANP (Agência de Petróleo e Gás do Brasil) na coletiva de imprensa após a rodada. “Vamos ver os resultados no futuro através da produção de petróleo e gás, criação de empregos, royalties e impostos. A boa vontade do óleo de lucro alcançado na rodada mostrou a atratividade do pré-sal. ”

A média do ágio de lucro do petróleo foi de 236%, o que se traduz em US $ 40 bilhões em receita para o Brasil nos próximos 30 anos, segundo Oddone. Sob o regime de partilha de produção, as empresas vencedoras são aquelas que oferecem ao estado o maior lucro com petróleo, a partir de um percentual mínimo estabelecido no protocolo de licitação. Os bônus de assinatura, também estabelecidos no protocolo de licitação, são fixos.

” O sucesso da oferta mostrou que estamos no caminho certo”, disse João Vicente Carvalho, secretário de petróleo e gás do Brasil.

O bloco de pré-sal Uirapuru, localizado na Bacia de Campos, foi o bloco mais procurado da rodada com ofertas de quatro consórcios. O vencedor foi um consórcio formado pela brasileira Petrobras (30%), US Exxon Mobil Corp (28%), Norways ‘Equinor (28%) e Portugal’s Petrogal (14%), que ofereceu US $ 700 milhões em bônus de assinatura e 75,49% em óleo de lucro, três vezes mais do que o estabelecido no protocolo de licitação.

A área de Uirapuru fica próxima ao gigantesco campo petrolífero de Carcará, que contém mais de 2 bilhões de barris de óleo recuperável estimado. Planos de desenvolvimento também estão em andamento no Campo de Carcara, onde a operadora Equinor começou a perfurar no final de abril.

Escreva um comentário

6 + dez =