Petrobras Lança Plano Estratégico de US$ 102 Bilhões Enfocando em Petróleo, Gás e Iniciativas de Baixo Carbono

A Petrobras, a renomada corporação petrolífera estatal do Brasil, divulgou recentemente seu plano estratégico quinquenal para 2024-2028. Este plano ambicioso prevê um investimento total de US$ 102 bilhões, com ênfase predominante no setor de petróleo e gás natural. Estes segmentos, considerados como os principais impulsionadores do crescimento, receberão a maior parte do investimento, enquanto US$ 11,5 bilhões serão dedicados a iniciativas de baixo carbono.

FPSO Almirante Barroso operando no campo de Búzios, no pré-sal da Bacia de Santos; Fonte: Agência Petrobras de Notícias

Este plano estratégico, aprovado pelo conselho administrativo da empresa em 23 de novembro de 2023, tem como objetivo posicionar a Petrobras na vanguarda da transição energética, incorporando fontes de energia mais sustentáveis. A empresa enfatiza a integração de energias renováveis, tais como a biorrefinação, energia eólica, solar, e tecnologias de captura e armazenamento de carbono, alinhando-se aos seus objetivos de neutralidade de carbono.

O investimento previsto de US$ 102 bilhões para o período 2024-2028 representa um aumento de 31% em relação ao plano anterior. Deste montante, US$ 91 bilhões serão alocados para projetos em andamento e US$ 11 bilhões para novos projetos ainda sob avaliação. Este aumento de capital destina-se principalmente a novas aquisições, projetos retornados ao portfólio e à inflação de custos que afeta toda a cadeia de fornecimento.

No segmento de Exploração e Produção (E&P), o CAPEX totalizará US$ 73 bilhões, dos quais cerca de 67% serão destinados ao pré-sal, região reconhecida pela Petrobras por sua vantagem competitiva tanto econômica quanto ambiental. A empresa planeja perfurar aproximadamente 50 poços em várias regiões, incluindo a Margem Equatorial e as Bacias do Sudeste.

Enfatizando a dualidade de resiliência econômica e ambiental, a Petrobras planeja implementar 14 novos FPSOs (Floating Production Storage and Offloading units) até o final de 2028, com o objetivo de aumentar significativamente sua produção de petróleo e gás.

Além disso, a Petrobras está investindo em seu segmento de Gás & Energia (G&E), planejando desembolsar aproximadamente US$ 3 bilhões em cinco anos para ampliar a infraestrutura e o portfólio de gás natural, incluindo a entrada em operação da Rota 3 e outros projetos relevantes.

Este plano estratégico da Petrobras marca um ponto crucial em seu caminho para uma economia mais inclusiva, justa e de baixo carbono, preparando a empresa para as mudanças globais nos setores energético, digital, social e ambiental. Com uma abordagem que equilibra a rentabilidade e a sustentabilidade, a Petrobras se posiciona como uma líder na transição para um futuro energético mais verde.


Suzana Melo

Graduada em Jornalismo pela Faculdade do Rio de Janeiro, Suzana Melo é uma voz respeitada no universo do petróleo, energia e temas correlatos. Com uma abordagem perspicaz e informada, Suzana tem contribuído significativamente para o entendimento desses setores no Click Petróleo, trazendo análises aprofundadas e notícias atualizadas. Seu compromisso com a veracidade e clareza a estabeleceu como uma referência no jornalismo energético. Contato: [email protected].

google newa

+

Relacionadas