A brasileira independente Prio apresentou estudos ambientais para realizar a perfuração de desenvolvimento em um par de campos offshore na prolífica bacia de Campos.

A Prio, anteriormente conhecida como PetroRio antes de uma mudança de nome e reconfiguração de marca, pretende iniciar uma campanha de seis poços no campo pré-sal de Wahoo no início do próximo ano.

A empresa já concordou em fretar a plataforma semi-submersível Norbe VI da Ocyan para executar o programa Wahoo.