Óleo e Gás

Shell diz que produção no Prelude FLNG deve começar no final de 2018

CINGAPURA (Reuters) – A Royal Dutch Shell espera que a produção de sua unidade flutuante de gás natural liquefeito (GNL) da Prelude comece no final do ano, disse uma porta-voz à Reuters na terça-feira. 

“Continuamos a progredir no Prelúdio para as operações, com segurança e qualidade sendo nosso foco principal … Esperamos ver a produção por volta do final do ano”, disse ela à Reuters em comunicado enviado por e-mail. 

O Prelude – que processará gás natural produzido no mar do norte da Austrália e exportará como GNL – deverá ter uma capacidade de produção anual de GNL de 3,6 milhões de toneladas. Também produzirá 1,3 milhão de toneladas por ano de condensado e 400 mil toneladas por ano de gás liquefeito de petróleo (GLP).

A Shell decidiu pela primeira vez prosseguir com o projeto em 2011. Após longos atrasos, introduziu o gás no Prelude FLNG de 490 metros de comprimento pela primeira vez no início deste ano como parte do processo de resfriamento antes da partida. . 

Posteriormente, recebeu uma segunda carga de GNL no início de outubro, segundo dados do Refinitiv Eikon. Antes de um projeto de GNL entrar em operação comercial, uma carga é normalmente importada para resfriar seu trem de produção. 

A Shell possui 67,5% do projeto Prelude FLNG. Japão ‘s Inpex Corp, de Taiwan CPC Corp e Coreia do Gas Corp consideramos o restante das ações.

COMPARTILHE

Escreva um comentário

17 + 9 =