Ligue-se a nós

Click Petróleo – Notícias de Petróleo, Offshore e Óleo e Gás

Tripulação sequestrada da Swire libertada após ataque de piratas na Guiné Equatorial

Naval

Tripulação sequestrada da Swire libertada após ataque de piratas na Guiné Equatorial

A operadora de embarcações offshore Swire Pacific Offshore informou que sete de seus tripulantes, seqüestrados em um ataque de piratas no exterior da Guiné Equatorial em novembro, foram libertados.

Em uma atualização na quarta-feira, a Swire Pacific Offshore confirmou a libertação dos sete tripulantes do Pacific Warden sequestrados ao largo da costa da Guiné Equatorial em 20 de novembro de 2019.

No momento do ataque, a embarcação de manuseio de âncoras estava apoiando operações de campo offshore na Guiné Equatorial. Havia 15 tripulantes a bordo no momento do ataque pirata.

A empresa disse que, após sua libertação, após 31 dias em cativeiro, a equipe foi recebida por representantes da SPO. Foram organizados exames médicos imediatos e outras providências necessárias, e todos agora retornaram aos seus países de origem, acrescentou a SPO.

A SPO não forneceu mais detalhes sobre o sequestro ou libertação dos sete tripulantes.

O diretor-gerente da SPO, Peter Langslow , disse: “Gostaria de reconhecer os membros de nossa tripulação e suas famílias pela extraordinária coragem, resiliência e paciência que demonstraram ao longo desta provação. Estamos aliviados por ter sido possível que a equipe se reunisse com suas famílias a tempo para o Natal e as festas de fim de ano, e a SPO continuará fornecendo todo o seu apoio na recuperação do trauma do evento. ”

A empresa também afirmou que, por razões de confidencialidade e segurança, não faria mais comentários.

Continuar Lendo
Você também poderá gostar de...
Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 2 =

Mais Naval

Curta nossa página

Anúncio

+ da semana

Recomendado



Para O Topo