Offshore

Você sabe quanto pode ganhar um soldador subaquático?

Você sabia que o soldador subaquático está entre os profissionais mais bem pagos do mundo? E que é possível conquistar uma vaga na área, mesmo sem ter ensino superior? Pois bem hoje vamos falar sobre essa profissão offshore, que tem caído cada vez mais no interesse dos profissionais do ramo, dos estudantes e amantes do trabalho embarcado.

Atualmente seguir a carreira offshore tem sido um grande atrativo, por conta dos altos salários, mas há quem diga que mesmo pagando salários com valores até 3 vezes maior para quem opera no mar em relação aos que trabalham na terra, as industrias petrolíferas , principalmente as terceirizadas ainda pagam um valor menor ao que deveria ser pago.

Por conta dessa defasagem os empregados do setor offshore estão buscando cada vez mais se especializar em profissões mais rentável e assim garantir uma qualidade de vida melhor para sua família. Quem não gostaria de ver sobrar um graninha no final do mês?

Temos certeza que sua resposta foi sim, por isso trazemos esse assunto que é uma forma de te ajudar a tornar um profissional reconhecido e muito bem pago. Antes porém vamos esclarecer o que é e como funciona a soldagem aquática.

O que é soldagem subaquática?

A soldagem subaquática é o processo de soldagem dentro da água. Ele faz necessário para manutenção ou reparação de equipamentos submersos e tem se tornado uma prática que está crescendo muito no setor de construção de equipamentos de perfuração e exploração das indústrias de petróleo, pois é bastante eficiente para a recuperação de óleo e gás.

Esse processo de soldagem não se difere muito da soldagem úmida, mas é preciso antes identificar o ambiente em que o equipamento que será recuperado está: se submerso na água ou em lugar seco e assim é escolhido a melhor técnica de aplicação.

Todo o processo de soldagem subaquática é monitorado a fim de garantir a integridade física do soldador, é um trabalho delicado que exige experiência e preparo do profissional, além dos riscos. Esses são um dos fatores que fazem com esses trabalhadores sejam bem remunerados.

A soldagem subaquática está divida em alguns tipos, sendo eles: Soldagem úmida, seca localizada, em caixa seca, em habitat ou câmara hiperbárica e em câmara.

Como é ser um soldador subaquático?

O soldador subaquático é o profissional que está no ranking dos profissionais mais bem pagos de todos o mundo, chegando a ganhar mensalmente até R$ 15mil.

Essa profissão é bastante perigosa e exige muitos cursos preparatórios, por isso se você deseja se tornar um soldador subaquático é preciso reservar uma grana extra para investir em cursos e formações da área.

As atividades dessa função está baseada em realizar reparação e manutenção de equipamentos submersos em água. A execução dessas atividades seguem o mesmo princípio básico do processo de soldagem comum, porém é necessário entender sobre vários processos de soldagem para aplicar o mais adequado na situação.

A remuneração de um soldador subaquático

Por se tratar de um trabalho perigoso e com um certo grau de dificuldade, uma parte considerável de empresas offshore optam por utilizar esses profissionais somente quando necessário, isso significa que muitos profissionais são contratados temporariamente e recebem um valor para a execução do serviço naquele determinado período.

Por conta disso os salários variam de acordo com o tamanho da empresa, condições de trabalho e também o país. Em todo o mundo os salários são muito atraentes, mas as diferenças são grandes.

Para se ter uma ideia os profissionais que atuam no Golfo do México recebem uma média mensal de R$ 13 mil, enquanto que os que trabalham no Golfo da Tailândia podem ganhar até R$ 27 mil por mês.

Como posso me tornar um soldador subaquático?

Para início é preciso ser um soldador. Se você ainda não trabalha com essa função terá um caminho um pouco mais longo a seguir até se tornar um soldador subaquático. Já aqueles já trabalham neste cargo precisam buscar a especialização.

Como já citamos acima é preciso reservar um valor para investir na profissão, mas o retorno é garantido.

Veja o passo a passo :

Ø Mergulhador: Depois de se tornar um soldador certificado é necessário ser mergulhador, para isso você precisará de um cursos de mergulhador comercial.

Os cursos de mergulhador esportivo não dão condições para trabalhar como soldador subaquático, pois o conteúdo não abrange segurança do trabalho, ensino sobre técnicas de preservação do meio ambiente e utilização dos equipamentos comerciais.

Portanto não se inscreva no primeiro curso que ver pela frente, procure antes saber o que vai aprender e mencione na escola seus objetivos profissionais. Evite perda de tempo e de dinheiro;

Ø Condições Físicas: Analise suas condições físicas, faça testes preparatórios e vale a pena consultar um profissional de medicina para ver se sua saúde está em dia.

Ø Certificação: Se você trabalha com soldagem, tem experiência mas ainda não possui certificado, procure adquirir. A grande maioria das empresas offshore exigem o curso antes de admitir o profissional.

Procure uma escola de soldagem certificada realize o treinamento e garanta que não terá problemas para comprovar sua qualificação.

Ø Pesquise sobre a profissão: Assista vídeos, leia livros se puder converse com profissionais que já trabalham como soldador subaquático. Procure reunir o maior número possível de informações a respeito da profissão que você vai exercer.

Conhecer a fundo as vantagens e desvantagens da profissão vai fazer te permitir identificar se exatamente isso que você deseja fazer ou se está apenas atraído(a) pela possibilidade de ganhar um bom salário mensal.

Ø Invista em treinamento: Existem algumas empresas, do segmento offshore, que oferecem uma espécie de estágio para os profissionais que pretendem seguir a carreira.

Invista neste tipo de treinamento, pois além do conhecimento prático você terá mais chances de conquistar uma vaga no mercado de trabalho. Estes treinamentos causam boa impressão no seu currículo.

Ø Teste suas habilidades: Agora que você está decidido a ser um soldador subaquático é fundamental que tenha habilidades necessárias para desenvolver a profissão.

Então faça cursos específicos da área, treinamentos, workshops, participe de palestras, tudo é valido para o melhor desempenho de suas funções, afinal para se ganhar um bom salário é necessário muito estudo.

Quer saber de vagas exclusivas do setores de: petróleo e gás, offshore, trabalho embarcado e também grandes obras pelo Brasil? Participe do nosso grupo e saiba de vagas que ninguém viu!!

COMPARTILHE

Escreva um comentário

3 × dois =